Kombuchádas5

4 de outubro de 2020

Fabio Andrade, fundador da Kombuchádas5, conheceu essa bebida quando visitou uma cidade no Sul de Minas Gerais. De origem asiática, feita da fermentação de chá adoçado, é uma bebida probiótica e antioxidante, rica em vitaminas C, K e do Complexo B.

A história da empresa de Fabio começou em 2018, no mês de maio, em plena crise dos caminhoneiros, quando ele teria que ir para Minas Gerais, no Festival de Queijos e Azeites. Conseguiu chegar na cidade de Alagoa, mas o evento tinha sido adiado.

Aproveitando a viagem, foi conhecer a região do sul de Minas e encontrou um lugar chamado Vale do Matutu.  Um vilarejo bucólico, próximo à cidade de Aiuruoca, considerado um paraíso do misticismo, pois era uma rota de peregrinação indígena. Foi aí que teve contato pela primeira vez com a Kombuchá.

De lá, trouxe uma amostra do produto e começou a fazer para consumo próprio. Alguns amigos ficaram interessados, não conheciam essa bebida, mas quando explicavam o processo que levava em média 15 dias para ficar pronto, acabavam desanimando. Para não ficar sem os benefícios e poder desfrutar desse chá fermentado, surgiu a ideia de fabricar esse produto e oferecê-lo pronto. Esse foi o início da empresa.

Por que Kombuchádas5? O 5 representa o que é livre. É o número das sensações e dos sentidos. Representa a liberdade e o espírito de aventura. Este é o número das probabilidades de mudança, da versatilidade e das viagens. O 5 representa a busca de liberdade para se lançar a novas oportunidades.

Uma das características mais surpreendentes da Kombuchá é o gás, formado naturalmente na segunda fermentação. A bebida é envasada com um açúcar residual da primeira fermentação. As bactérias continuam fermentando a bebida e digerindo este açúcar, transformando-o em gás carbônico. O resultado deste processo são as “borbulhas de amor” que tanto encantam os seus admiradores.

Vale ressaltar que os benefícios da Kombuchá já podem ser percebidos na primeira fermentação. A ausência de gás não quer dizer que a bebida não está fermentada. Os kombucheiros normalmente fazem essa segunda fermentação para tornar a experiência mais agradável.

Todos os resíduos orgânicos que produzem na empresa são depositados em uma composteira. Depois utilizam esse adubo orgânico nas plantas que voltam para o chá, no caso da menta e do limão kaffir.

As embalagens são garrafas de vidro, que são recicláveis. Além disso, os clientes que devolverem os utensílios ganham um desconto na próxima compra, com isso garantem um reuso de aproximadamente 30% das garrafas.

Para pedir seus Kombuchás, é só mandar mensagem para o Instagram: @kombuchadas5

Comentários

Comentários

Este post tem um comentário

  1. Jorge Paes

    Já experimentei todos os 5 sabores. Cada um melhor que o outro. O Fábio sabe dosar os ingredientes e sua kombucha fica muito equilibrada e saborosa.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta